Clube

Cruz de Malta

O primeiro escudo do Vasco, criado em 1903, tinha uma Cruz de Cristo na caravela, à semelhança do que acontecia nas caravelas da época dos descobrimentos. Alguns anos depois, a Cruz de Cristo foi substituída pela Cruz de Malta. Entretanto, mais tarde, descobriu-se que a Cruz de Malta é, na realidade, uma Cruz Patée, também conhecida como Cruz Pátea. A verdadeira Cruz de Malta é bem diferente da Cruz Pátea, pois tem as extremidades bifurcadas.



João Ernesto da Costa Ferreira, diretor de patrimônio do Vasco, explicou em reportagem ao portal IG os símbolos vascaínos:



“Já naqueles primeiros momentos, os fundadores definiram aquele que seria o pavilhão do clube, negro, com uma faixa diagonal branca e com uma cruz. Cada uma dessas cores já simbolizava o clube. O negro representa o desconhecido dos mares, pelas quais passavam as grandes navegações. A faixa diagonal branca, de um canto ao outro, representava a luminosa rota vitoriosa dessas grandes navegações portuguesas. E aquela cruz simbolizava a fé cristã, até porque muitos fundadores eram portugueses, vindos de uma nação essencialmente cristã. Mas aí eles feriram o elemento histórico. Por que qual cruz era essa que deveria ser colocada ali? A cruz que ornava as caravelas das grandes navegações, que era a Cruz (da Ordem) de Cristo. Era para ser isso, mas por razões que agora não adianta nós querermos discutir, a cruz que foi colocada ali foi um pouco deturpada. E se chamou aquilo de Cruz de Malta. Então, já estamos falando de um segundo nome: o primeiro seria Cruz de Cristo, depois falamos de Cruz de Malta. E o Vasco ficou conhecido como o clube da Cruz de Malta, o clube cruzmaltino. Entretanto, aquela que deveria ter sido colocada, a Cruz de Cristo, não foi colocada. Foi colocada essa Cruz de Malta, que na verdade nem é a Cruz de Malta. Ela se aproxima mais de uma outra cruz, que é a Cruz Pátea. Então, foi essa mistura que acabou acontecendo e houve esse ferimento do elemento histórico. Era para ser a Cruz de Cristo, e ponto final.”



A Ordem de Cristo, que inspirou a cruz vascaína, foi criada em 1317 em sucessão a Ordem do Templo ou Ordem dos Templários. 



Esta organização foi criada em Portugal e, na época dos descobrimentos, os emblemas utilizados pelos navegadores portugueses era da Ordem de Cristo, representada pela Cruz de Cristo.

Fonte: Site oficial do Vasco, Portal do Vascão, Jornal Vascaíno e IG


Fonte: SuperVasco
Atualizado em: 30/09/2016 11h59