Hino

Hino do Vasco - 1918

Primeiro hino oficial do Vasco

 

Hino de 1918 composto por Joaquim Barros Ferreira da Silva, o hino só foi gravado em setembro de 1930 pelo "Orfeão de Portugal", na gravadora Brunswick. Esta canção foi apresentado a diretoria pelo até então vice-presidente Raul Ferreira.



(Autor: Joaquim Barros Ferreira da Silva)



Clangoroso apregoa, altaneiro

O clarim estridente da fama

Que dos clubes do Rio de Janeiro

O invencível é o Vasco da Gama

Se vitórias já tem no passado

Glorias mil há de ter no porvir

O seu nome é por nós adorado

Como estrela no céu a fulgir!



Avante então

Que pra vencer

Sem discussão

Basta querer

Lutar, lutar

Os vascaínos

De terra e mar

Os paladinos

É mundial

A sua fama

Vasco da Gama

Não tem rival

Mais uma glória

Vai conquistar

Lutar, lutar



Para a vitória

Sobre os peitos leais, vascaínos

Brilha a Cruz gloriosa de Malta

Corações varonis, leoninos

Que o amor pelo Vasco inda exalta.

Quando o Vasco em qualquer desafio

Lança em campo o seu grito de guerra

Invencível, nervoso arrepio

Faz tremer o rival e a terra!




Para ouvir este hino, o primeiro do Vasco da Gama, clique aqui


Fonte: SuperVasco
Atualizado em: 30/09/2016 12h24