A Praga do Arubinha e a Pacificação do futebol carioca

Em meados do campeonato de 1937, o Vasco lutava pelas primeiras colocações e enfrentaria o Andaraí numa noite chuvosa. Ocorreu um acidente de trânsito envolvendo o taxi onde se encontravam cinco jogadores do Vasco, quando se dirigiam ao estádio das Laranjeiras. Os jogadores tiveram que ser atendidos num pronto-socorro, quatro ... leia mais

A formação do Expresso da Vitória

Corria o início da década de 1940 e parecia que a implacável "praga do Arubinha", de 12 anos sem títulos, estava se cumprindo. Chegaram até a revolver o gramado de São Januário, mas o tal sapo com a boca costurada que, dizia-se, Arubinha havia enterrado, nunca foi encontrado. Finalmente, os ... leia mais

Vasco da Gama, o time que venceu o racismo

Se o Vasco não foi o primeiro clube brasileiro a contar com jogadores negros em seu elenco, alguns pesquisadores defendem que a primazia foi do Bangu, outros que a Ponte Preta foi a pioneira, não há dúvida que o Club de Regatas Vasco da Gama adotou uma atitude que contribuiu decisivamente ... leia mais

Com seis títulos, Vasco se isola como o maior campeão carioca invicto

Pela sexta vez em sua história, o Vasco conquistou de forma invicta o título do Campeonato Carioca. Agora, o Cruz-Maltino é o clube que mais conquistou taças no Estado do Rio de Janeiro sem sofrer nenhuma derrota, deixando para trás o rival Flamengo, que conseguiu a façanha cinco vezes. Com ... leia mais

A venda e o retorno de Roberto

Afetado pela venda de alguns de seus principais jogadores, o Vasco passou a experimentar um terrível destino: o de amargar em quase todas as competições que disputava o incômodo posto de segundo colocado. Após ser derrotado na decisão do campeonato brasileiro de 1979 pelo Internacional, iniciaram-se as negociações que culminaram ... leia mais

Promove

Em janeiro de 2006, por meio de sua Divisão de Base do Departamento de Futebol, o Vasco da Gama criou, de forma inovadora, o Programa de Promoção de Talentos (PROMOVE). O projeto tinha como principal objetivo oferecer aos jovens atletas um período de adaptação e familiarização ao ambiente do profissional. ... leia mais

O maior artilheiro do Vasco da Gama

Roberto Dinamite é o maior artilheiro da história do Vasco. É tido pela maioria dos torcedores, o melhor jogador do clube desde sua fundação em 1898. Sua primeira partida pelo time carioca foi contra o Bahia  no dia 14 de Novembro de 1971, tinha apenas 17 anos quando estreou pela equipe profissional. Suas ... leia mais

Romário marcou o seu milésimo gol há cinco anos em São Januário

Há cinco anos, no dia 20 de maio de 2007, Romário marcava o seu milésimo gol na carreira com a camisa do Vascão na Colina Histórica, na vitória por 3 a 1 sobre o Sport no Campeonato Brasileiro daquele ano. O Baixinho já havia tido a oportunidade de fazer o ... leia mais

O gol de Valido

Em 1944, depois de vencer os Torneios Municipal e Relâmpago, que funcionavam como aperitivo para o campeonato carioca, o Vasco chegou ao último jogo do campeonato na liderança ao lado do Flamengo, que lutava pelo tricampeonato. O jogo, exatamente contra o Flamengo, no estádio da Gávea, foi decidido no finzinho ... leia mais

Marta, jogadora revelada pelo Vasco

O Futebol Feminino do Club de Regatas Vasco da Gama teve início nos anos 90, quando em quatro oportunidades o clube sagrou-se campeão brasileiro – 1993, 1994, 1995 e 1998, tendo revelado inúmeras jogadoras para a Seleção Brasileira e para o mundo, tais como: Pretinha, Fanta, Cenira e Meg.  Em ... leia mais

Garoto Dinamite e a contratação de Tostão

Terminava o ano de 1971 e o Vasco fazia uma campanha medíocre no primeiro campeonato brasileiro, quando, num jogo de meio de semana contra o Internacional, no Maracanã, foi lançado na equipe principal pelo técnico Admildo Chirol um garoto de 17 anos. Ele marcou o segundo gol da vitória por ... leia mais

Excursões Internacionais

Em décadas passadas, eram comuns as excursões de times brasileiros ao exterior. Como não poderia deixar de ser, o Vasco foi um dos pioneiros ao se tornar, em 1931, o primeiro clube carioca e o segundo brasileiro a se apresentar na Europa. Aquela foi a primeira de 72 viagens internacionais da ... leia mais

A cisão do futebol

Em 1933, houve em vários estados uma cisão entre a Confederação Brasileira de Desportos, que advogava o amadorismo, e os clubes que desejavam a profissionalização do futebol. No Rio, todos os clubes grandes e médios se posicionaram contra a CBD, e formaram a Liga Carioca de Futebol, profissionalista, com exceção ... leia mais

Criação do setor de futebol

O início do século XX testemunhou, além das vitórias obtidas no mar pelo Vasco, o surgimento de um novo esporte no Rio de Janeiro, importado da Inglaterra. Apesar de praticado principalmente por rapazes oriundos de familias abonadas, o football foi paulatinamente despertando o interesse da população em geral e sua prática se ... leia mais

Pelé e o Vasco

Numa partida no Maracanã contra o Santos pelo Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1969, Andrada fechava o gol, evitando em várias oportunidades o milésimo gol do Rei. O escore de 1 a 1 foi mantido até quase o final da partida, quando aconteceu um pênalti sobre Pelé, e assim Andrada ... leia mais

O primeiro grande time

O Vasco voltou a ser campeão carioca em 1929, após uma sensacional decisão em melhor-de-três contra o América. Depois de empates em 0 a 0 e 1 a 1, o Vasco conquistou o título com uma goleada de 5 a 0 sobre os rubros. O Vasco apresentou a sua primeira ... leia mais

A escolha do nome, pavilhão e emblema

Inspirados pelas celebrações do quarto centenário da descoberta do caminho marítimo para as Índias, os fundadores da nova agremiação lhe deram o nome de Club de Regatas Vasco da Gama, para cujo pavilhão foi escolhido o fundo preto, representando os mares ignotos do Oriente. Atravessado por uma faixa branca, inicialmente ... leia mais

A ascensão à primeira divisão

Apesar do Vasco haver terminado a sua participação na terceira divisão do campeonato de 1916 em último lugar, passou à segunda divisão do certame do ano seguinte, pois, devido a filiação de novos clubes à Liga Metropolitana, foi feita uma reformulação, resultando no aumento do número de clubes para dez ... leia mais

1924 - A resposta histórica

Enquanto na política o país era liderado pelo presidente Arthur Bernardes, no futebol a equipe vascaína vencia quase todas as partidas que disputava e também as competições. Depois de atropelar os adversários no ano anterior, em 1924 o Vasco já era o inimigo número 1 das demais torcidas cariocas. Um ... leia mais

1937 - Surge o Clássico da Paz

Em 1937, depois de uma briga entre clubes cariocas e a conseqüente cisão de quatro anos de duração, Vasco e América conseguem a reconciliação no futebol do Rio de Janeiro. Graças à iniciativa dos presidentes de Vasco e América, respectivamente Pedro Pereira Novaes e Pedro Magalhães Corrêa, no dia 29 ... leia mais

1905 - Primeira Conquista do Campeonato de Remo do Rio de Janeiro

Na regata de 24 de setembro de 1905, quando foi inaugurado o Pavilhão da Enseada de Botafogo, construído pela Prefeitura do então Distrito Federal, o Vasco conquistou o seu primeiro campeonato de remo do Rio de Janeiro. O Pavilhão era uma elegante estrutura de ferro, com arquibancadas, tribuna de honra, ... leia mais

Torneios João Havelange

O ex-presidente da FIFA e da CBD (atual CBF), João Havelange, já foi homenageado com vários torneios levando o seu nome. Por coincidência, o Vasco conquistou todos os que teve a oportunidade de participar. O primeiro foi um quadrangular disputado em Governador Valadares (MG) em 1981, onde o Vasco venceu ... leia mais

Time do Vasco foi narcotizado na decisão do Campeonato Carioca de 1948

Na revista O Cruzeiro de 19 de novembro de 1966 (pp. 117-118), João Saldanha relata o caso, segundo ele, "pitoresco" (do ponto de vista alvinegro, é claro), acontecido no Campeonato Carioca de 1948, quando o Botafogo foi campeão: - Essa ficou comprovada. Foi uma história de "doping" negativo. O Botafogo ... leia mais

O verdadeiro clube do povo

Nos anos seguintes à estreia na terceira divisão, o nível do time vascaíno foi melhorando, certamente graças ao atrevimento de não discriminar negros e mulatos. Apesar de ser basicamente um clube de colônia, o Vasco seguia a boa tradição portuguesa da mistura, ao contrário dos tradicionais grandes clubes de futebol ... leia mais

Garrincha, freguês do Vasco

Não foi à toa que Nílton Santos falou em uma entrevista quando parou de jogar futebol: "Nós tínhamos um timaço, mas contra o Vasco não havia jeito. Podiam entrar com onze cabos de vassoura em campo vestidos com a camisa do Vasco que nós não ganhávamos". A frustração do grande ... leia mais

Prêmios de São Januário

O estádio Vasco da Gama, conhecido como São Januário e inaugurado em 21 de abril de 1927, além de histórico, é um dos mais charmosos do mundo. As características originais de sua arquitetura encontram-se bem conservadas. O Projeto de Lei 1563/96 da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, apresentado pelo ... leia mais

Excursão a Europa – 1931

O primeiro clube brasileiro a ir para a Europa foi o Paulistano em 25, que pouco depois abandonaria permanentemente o futebol profissional se recusando a deixar de ser amador. Portanto o Vasco, o segundo clube brasileiro a excursionar pelo Velho Continente, foi o primeiro clube, dentre os que ainda tem ... leia mais

Bicampeonato Estadual

Essas foram as proféticas palavras de Cocada na noite 22 de junho de 1988, minutos depois ter marcado o gol que deu um sabor ainda mais especial ao bicampeonato estadual do Vasco sobre o Flamengo. O empate já daria o título ao Vasco, mas o Gigante da Colina venceu por ... leia mais

Rivalidades do Vasco

O grande rival do Vasco é o Flamengo. O clássico é chamado de Clássico dos Milhões e pode ser considerado um dos maiores duelos do Brasil, já tendo sido disputado 170 vezes em competições oficiais, com 66 vitórias do Flamengo, 54 empates e 50 do Vasco. A rivalidade está presente desde 1910 nas competições de Remo mas, com ... leia mais

O Vasco foi a base da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

A base convocada para representar o Brasil na Copa do Mundo era do poderoso "Expresso da Vitória". O goleiro Barbosa, o zagueiro Augusto, os médios Eli e Danilo, além dos eficientes atacantes, Alfredo II, Maneca, Ademir e Chico, formavam a base do grupo dirigido por Flavio Costa, também técnico do ... leia mais

1923 - Os camisas negras

O lugar que o Vasco da Gama ocupa na elite do futebol brasileiro tem a marca gloriosa do time conhecido como os camisas negras que, em 1923, com uma campanha arrasadora (11 vitórias, dois empates e apenas uma derrota), conquistou o primeiro titulo de campeão carioca de sua História. Com ... leia mais

1916 - Primeira vitória no futebol

No dia 29 de outubro de 1916, o Vasco da Gama obteve a sua primeira vitória no futebol. O Gigante da Colina ganhou o River por 2 a 1, no campo do São Cristóvão, pela Terceira Divisão da Liga Metropolitana. Candido Almeida e Alberto Costa Júnior foram os autores dos ... leia mais

Primeira Vitória Esportiva

Filiado à União de Regatas, o Vasco estreou em competições oficiais no dia 4 de junho de 1899, na enseada de Botafogo. Apresentando-se com uniforme negro, com faixa diagonal branca e a cruz-de-malta no centro, os remadores vascaínos conseguiram a primeira vitória do clube em uma competição esportiva. Foi justamente ... leia mais

Estátua do Bellini

O mais famoso ponto de encontro dos torcedores que vão ao Maracanã é uma estátua de bronze, em frente à rampa da Avenida Maracanã. Representando um jogador simbólico erguendo a Taça Jules Rimet. Confeccionada pelo artista plástico Matheus Fernandes e erigida no dia 13 de novembro de 1960, para homenagear ... leia mais

Escudo: Vasco da Gama

O primeiro escudo do Vasco foi criado na administração do presidente Alberto Carvalho, em 1903. Era redondo, fundo negro com a caravela ao centro. Em volta do fundo negro, um círculo com as iniciais C.R. e Vasco Da Gama, separados por seis cruzes em vermelho. Nas velas da embarcação está ... leia mais

O primeiro gol olímpico foi feito pelo Vasco

Em março de 1928, o Vasco recebeu, em São Januário, a equipe do Montevideo Wanderers (URU) para um amistoso, com vitória vascaína por 1 a 0. A partida, que tinha o intuito de celebrar a inauguração dos refletores e da arquibancada posicionada atrás de um dos gols do estádio, entrou ... leia mais

Felicidade, teu nome é Vasco

Esta frase foi dita por Mirim, que jogou no Vasco de 1953 a 1955, num momento de rara inspiração, após uma grande vitoria. A frase passou a fazer parte da memória coletiva vascaína e, na década de 60, foi colocada numa faixa preta com letras brancas que a Torcida Organizada, ... leia mais

Colégio Vasco da Gama

Em 1989 foi elaborado um projeto visando trazer a escola para as dependências do clube. Desta forma, seria possível considerar as peculiaridades da profissão para a qual estão se preparando, já que a rotina de treinamentos diários, os jogos e as viagens nem sempre coincidem com os horários escolares. Surgiu, ... leia mais

A Institucionalização do Futebol no Vasco

No princípio era o remo. Depois veio a ginástica, o tiro, a natação, o atletismo, a esgrima, o polo aquático, a luta greco-romana e, por fim, o football. Em 26 de novembro de 1915, reunidos em Assembleia Geral Extraordinária, os dirigentes do clube aprovaram novos estatutos que permitiram à diretoria criar ... leia mais

Inauguração de São Januário, o maior estádio da América do Sul: 1927

Inaugurado no dia 21 de abril de 1927, sua construção foi a resposta que os grandes clubes da época receberam, ao tentarem barrar a ascensão do time de negros e brancos pobres que, com o campeonato de 1923, havia conquistado o direito de figurar na elite do futebol carioca. A ... leia mais

Jogadores com laços de parentesco

O ponta Orlando (Orlando Rosa Pinto) militou no Vasco de 1932 a 1942, quando pendurou as chuteiras. No ano seguinte, o Vasco comprou do Madureira o passe do seu irmão Jair, o grande Jair Rosa Pinto. Jair jogou no Vasco até 1946. Em 1956, o seu sobrinho Roberto Pinto, das ... leia mais

Estreia da camisa preta com faixa diagonal branca

Até a década de 1940, era comum ver-se na imprensa referências ao time de futebol do Vasco como os camisas pretas. Porém, no campeonato carioca de 1943, o Vasco apresentou uma novidade no seu uniforme: foi acrescentada à camisa preta a faixa diagonal branca. A motivação dessa inovação é desconhecida, ... leia mais

A Turma do caroço

O Expresso da Vitória, o maior time da história do Vasco, que dominou o futebol carioca de 1945 a 1952, não devia o seu sucesso apenas à qualidade técnica excepcional dos seus jogadores. Havia uma sólida união e liderança, que era exercida sem alarde pela Turma do Caroço. O grupo, ... leia mais

Gol dos três Lençóis

O jogo foi realizado pela primeira fase do Campeonato Brasileiro (que tinha, na época, o nome de Copa União). O primeiro tempo havia terminado com o placar de 1 a 0 para a Portuguesa. Mas logo no primeiro minuto do segundo tempo, o lateral esquerdo Mazinho fez um lançamento preciso ... leia mais

Vasco já tentou a contratação de Pelé

Em agosto de 1957, o presidente do Vasco, Arthur Pires, tentou realizar uma contratação que certamente teria mudado a história do futebol se tivesse sido concretizada. O presidente comunicou ao Santos o interesse do Vasco em adquirir os passes de Pelé e Del Vecchio. Pelé estava na época com 16 ... leia mais

Fundação e primeiros títulos

A 21 de agosto de 1898, um grupo de 63 rapazes, imigrantes portugueses e luso-descendentes, reuniu-se numa sala da Sociedade Dramática Filhos de Talma, localizado no bairro da Saúde, e fundou um clube de remo.O nome escolhido foi Club de Regatas Vasco da Gama, pois naquele ano eram comemorados os ... leia mais

O Bairro Vasco da Gama

Criado em homenagem ao centenário do Club de Regatas Vasco da Gama, em 1998, é onde se localiza a principal sede e o famoso estádio do clube, popularmente chamado de Estádio São Januário, em virtude da Rua São Januário, que margea o estádio. É um bairro da cidade do Rio ... leia mais

Apelidos do Clube

Ao longo de sua história, vários apelidos para o Vasco estiveram em voga. Nas décadas de 1920 e 1930, a imprensa comumente referia-se ao onze vascaíno como os Camisas Pretas, pois naquela época assim era o uniforme do time de futebol, ainda sem a faixa diagonal branca que sempre foi ... leia mais

ET no jogo do Vasco?

Há 32 anos, um fenômeno nos céus de Campo Grande assombrou os torcedores que assistiam a Operário-MS e Vasco pelo Campeonato Brasileiro. Estranhas luzes multicoloridas pairaram sobre o estádio Morenão, em uma suposta aparição de óvnis (objetos voadores não identificados). Até hoje o episódio desperta a curiosidade e divide opiniões. ... leia mais

Estreia da camisa branca com faixa diagonal preta

A primeira camisa de futebol usada pelo Vasco era toda preta, com gola e punhos brancos, e a cruz de malta no peito. Muita especulação existe sobre a origem da camisa branca com a faixa diagonal preta. Segundo uma versão atualmente difundida, inclusive, no site oficial do Vasco, ela teria ... leia mais

Primeira partida internacional

Quando foi disputado o primeiro encontro internacional pelo Vasco da Gama? Você sabe? Não se preocupe, poucos sabem. Até mesmo os registros do clube apontam incorretamente o encontro Vasco x Wanderers, do Uruguai, realizado em 1928, para a inauguração dos refletores do Estádio de São Januário, como a primeira partida ... leia mais

Escolha do nome do clube

Quando o Vasco foi fundado, a escolha do nome do clube foi muito debatida. Só escapamos de torcer pelo C. R. Álvares Cabral ou pelo C. R. Santa Cruz porque no ano da fundação comemorava-se o quarto centenário do descobrimento do caminho marítimo para as Índias pelo navegador Vasco da ... leia mais